quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Vento da Noite


O vento frio,
Prenúncio da noite,
Me congela o por vir
E faz tremer o coração:
Trrrrrrrrum-Trrrrrrrra,
Trrrrrrrrum-Trrrrrrrra.
Saudade dos meus claros dias
Medo insensato da escuridão.

2 comentários:

  1. Compartilho do mesmo frio,
    do mesmo tremor,
    das mesmas saudades e
    do mesmo medo!
    Estamos juntos no mesmo barco!
    Inevitável não sentir esse arrepio,
    mesmo sentindo que esse medo é insensato.
    Grande abraço Tio Teté!
    E muita força para superarmos sempre da melhor maneira!

    ResponderExcluir